quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Facundo, Aldo, Fernando e Adriana no Cangrejo Loco


PELA JANELA (ULTRA-ROMANTISMO EXPLÍCITO)


Abra a janela
E veja se não é a própria lua
Que vem despedir-se de você.
Olhe para o céu
E pergunte às estrelas
Se amanhã vão estar brilhando dessa maneira,
Já que você não mais estará por aqui.


Pergunte ao vento
Que cantigas vai entoar
Se já não serão teus cabelos que vão estar ondulando perto de mim.
Imagine um passarinho
Que já não pode voar de tão pesado,
Já que a tua leveza não embala mais meus sonhos de amor.


Imagina que sou poeta sem pluma
E você uma rima que não faz sentido.
Seríamos somente eco de nossas próprias vozes.
Seríamos somente o reflexo da felicidade que desenhamos.
Seríamos apenas passado enquanto poderíamos estar sendo!
Seríamos esta sensação de desperdício
Que experimentamos
Ao saber que uma folha de outono cai em lugares sem testemunha.


Imagina que meus lábios buscam os teus durante a noite,
Inutilmente.
E que meus olhos fechados te reconhecem
Na memória dos nossos travesseiros.
Imagina esta lágrima que está prestes a rolar
E me diga que realmente
Queres partir.

4 comentários:

Nelson disse...

Oi amigo.
Desculpa sempre leio seus maravilhosos poemas e esqueço se deixar um comentário né.
Vamos lá como sempre digo todos são maravilhosos e de uma sensibilidade que só você mesmo pra ter esse toque mágico. Que Deus preserve para SEMPRE esse seu dom, assim como os muitos outros que você tem. Parabéns

Beijão

Nelson

Anônimo disse...

Meu Lindo, é seu segundo poema mais lindo! O primeiro e mais forte de todos pra mim é o que vc escreveu a algum tempo atrás e vc sabe de qual estou me referindo.

Vc é um homem muito especial mesmo, trago vc junto de mim como uma das grandes luzes que apareceram na minha vida.

Um abraço muito forte.

Reginaldo Pinho

Anônimo disse...

Meu DEUS... que lindoooooo, amei esse poema... uiii desse jeito eu me apaixono...rs rs rs felicidades, te desejo tudo de bom, e que vc desenvolva mais e mais este DOM maravilhoso, espero ler muito mais poemas escrito por ti, um grande beijo e ate mais!!!
Gil

Pantera disse...

OI MEU BOM AMIGO VIRTUAL,É UMA PENA Q VC NÃO SEJE QUEM EU TANTO DESEJEI MAS MESMO ASSIM APRENDI A ADMIRA-LO E TER UM GRANDE RESPEITO POR SUA PESSOA, ESPERO Q CONTINUI SENDO ESSE MENINÃO MARAVILHOSO MUITO BOA SORTE PARA VC SEUS POEMAS DE VERDADE OTIMOS CONTINUI É BOM COLOCAR-MOS PARA FORA TUDO DE BOM Q TEMOS GUARDADO DENTRO DE NOSSO PEITO, BJOS EM SEU CORAÇÃO.

Total de visualizações de página