quinta-feira, 27 de setembro de 2007

DA SÉRIE GRANDES HERÓIS: A MULHER-CEBOLA

A MULHER-CEBOLA


Não sabe quando foi a primeira vez
Que colocou uma capa
Essa mulher.

Mas sabe que funciona como escudo,
Contra todos,
Contra tudo.
Sabe que a cada nova sensação
Utiliza como proteção
Uma nova capa.
A cada nova ferida
Não se dá por vencida
E coloca outra capa.
E, se o ferimento se renova
Não é a mesma capa que prova
E sim uma nova capa.

A cada capa que arranca
Outra capa aparece
Ao se despir essa mulher.

Chorar não é questão de mostrar-se
Talvez nem por desejo seja.
Talvez só seja uma fase
Entre a que te fere e a que te beija.

Poucos sabem o que se passa
Ao sacar dessa mulher todas as capas.
Ao chegar ao centro e descobrir
Que já se perdeu há muito seus mapas.
Já que não há uma direção a seguir
Para chegar perto de sentir
Qual o poder que se esconde
Por debaixo dessas inúmeras capas.

7 comentários:

MARIO DE LIMA disse...

Este poema está dedicado a uma pessoa que, espero, se reconheça nele.
É uma mulher extraordinária, que conheço pouco e que nao chegou a mostrar-me todas suas capas.
Vamos ver se soube defini-la a ponto de que se reconheça.

Anônimo disse...

Me reconheço não extraordinária como defines, mas um tanto vulnarável à falta de algumas capas já "descascadas" e, de tão à flor da pele, tocada mais uma vez pela tua sensibilidade e talento para ler almas.
bjo grande

Tina and Nicolas disse...

Mário, mais uma vez vc. arrasou! Lindo! bjs, Tina!!

Anônimo disse...

Todos nós temos inúmeras capas,
Todos nós usamos inumeras capas.
E necessário despirnos das capas, uma a uma, para podermos ficar nus, mais inteiros, mais fortes.. E ái entao, trocarmos os (velhos) mapas por NOVOS mapas, que nos levarao aas novas etapas (sem capas...).

A mulher cebola é extraordinaria.

Gilmar disse...

acho que sou EUZINHOOOO rs rs rs amei este poema tb, bom a verdade, vc é uma fera escrevendo poemas... mas fala serio eu nao descubri nao quem é essa mulher tao especial, que esta oculta dentro destre poema... posso tentar di novu? mil beijos felicidades.

Milena Britto Barbosa disse...

MAGNIFICO!!!!!!!!!!!!!
O seu "caderno de poesias eletronico" nos acalenta e nos energiza e nos ilumina a estima, chega a nos mostrar um novo caminho; quanta sensibilidade, ficou imensamente feliz por saber-me alguem que faz parte de seu circulo imenso de amigos; QUE DEUS permaneça com voce, sempre, sempre!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Mário como não fui tomado de surpresa, apesar de nos conhecer virtualmente. Tua sensibilidade e a maneira como joga com as palavras no poema do q é impressionante, espero que todos os leitores possa compreender o que dizes com o "que" Sucesso sempre e alegrias constantes. Beijos no teu coração de um admirador secreto risos

Total de visualizações de página